Transparência

 

 

 

 

 

Fornecedor

Servidor Público

Busca



Busca Avançada

 

 

Cultura Nordestina

 

Cultura Nordestina

cult nordestina turismo

O processo efetivo de colonização da região de Assaí iniciou-se por volta do ano de 1932, através da Companhia Colonizadora Três Barras.

O povoado começou a se desenvolver, sobretudo com a chegada de famílias japonesas e, posteriormente, com a vinda de paulistas, mineiros e nordestinos, atraídos pelo solo fértil, muito propício para o cultivo do café e do algodão, uma vez que Assaí era considerada a capital do algodão e do café. 

Em Assaí a presença os migrantes nordestinos foi imprescindível para a fundação e formação da cidade, logo o Prefeito Municipal Michel Ângelo Bomtempo, instituiu a Festa Nordestina de Assaí, como homenagem aos nordestinos que aqui residem e que muito contribuíram para o desenvolvimento da cidade.

 

A Festa nordestina de Assaí

festanordestina turismo

 A Festa Nordestina homenageia os trabalhadores e seus descendentes que vieram do Nordeste para a colheita do algodão acabaram transformando Assaí em suas casas.

Comidas típicas, shows, brincadeiras folclóricas, oficinas e exposição de artesanatos fazem parte dos festejos que duram três dias.

 

No município de Assaí, existem trabalhos desenvolvidos com relação à colonização japonesa e nordestina, o texto do link abaixo compõe o terceiro capítulo da Monografia: Migrantes nordestinos no cultivo do algodão (Assai - PR, década de 1950): leituras a partir da escola, apresentada ao curso de especialização em História Social e Ensino de História – Departamento de História da Universidade Estadual de Londrina, sob orientação da Profª. Drª. Regina Célia Alegro. 

Para saber um pouco mais da história dos nordestinos em Assaí clique no link abaixo e leia “A PRESENÇA DOS MIGRANTES NORDESTINOS EM ASSAÍ NA DÉCADA DE 1950”.